Seja bem-vindo. Hoje é

O PASSE


Jesus costumava curar usando a imposição das mãos.

Os médiuns espíritas, como seguidores de Jesus, repetem este gesto na transmissão do passe, uma prática que faz parte do dia-a-dia das casas espíritas.


O passe é possível porque todos nós irradiamos fluidos para fora dos limites do corpo físico.
Os fluidos são uma espécie de matéria muito leve, que nossos sentidos físicos não percebem, mas que tem grande importância em nossas vidas.


No momento do passe, os fluidos do médium aplicador de passes se combinam com os fluidos dos Espíritos desencarnados, e esta combinação de fluidos passa para o receptor, gerando alívio para o sofrimento físico ou espiritual.


Apesar do uso das mãos, não são elas que põem e tiram fluidos. O comando vem do pensamento e da vontade, que significa que se eu tiver a intenção sincera de transmitir fluidos, eles serão transmitidos, mesmo que minhas mãos estejam fazendo outra coisa.


Quem recebe o passe pode fazer com que seu efeito dure mais ou menos, dependendo de seus pensamentos. Se quiser continuar a se sentir bem por muito tempo, experimente manter a harmonia interior, através de pensamentos de bondade, paciência, carinho, respeito e compreensão.

Afinal, os Espíritos podem nos ajudar, mas nós é que somos donos de nossa casa interior e dos pensamentos que nela acolhemos.